Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Retrospectiva: Seminário Jöel Weser e Sami Storch



Dos dias 4 a 7 de dezembro de 2015, a Hellinger LebenSchule de Bert e Sophie Hellinger promoveu no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, seminários com Joël Weser e Sami Storch.

Jöel Weser, docente da Hellinger LebenSchule da Alemanha, ministrou nos dias 4 a 6 de dezembro o Seminário “Viver a Hellinger sciencia de acordo com Bert e Sophie Hellinger”, trazendo conhecimentos práticos das constelações para quem quiser aprender e treinar a postura para o sucesso e a realização na vida, segundo as novas constelações familiares.

Weser falou longamente sobre a importância da ampliação da percepção, a consciência da força e da fraqueza, a força da presença e a postura do facilitador em Constelações Familiares.

Foram feitos exercícios em grupos, dinâmicas e algumas Constelações Familiares. Weser é um professor muito acessível e simpático. Diversas vezes abria para perguntas pessoais e profissionais dos participantes. O evento contou com a presença de colegas facilitadores, médicos, psicoterapeutas, advogados, juízes, mediadores, administradores, entre outros. O amplo salão do Hotel Maksoud Plaza permitiu com tranquilidade os diversos exercícios e dinâmicas realizadas. Este evento contou com a tradução alemão-português de Matthias Bronk.

Serão postadas aqui algumas breves reflexões e pensamentos ocorridos durante este treinamento:

"Können wir Alte Bildern ändern?
Ja, ich muss meine gewohnte gefühle und Drama loss lassen. Und dann am erste moment werde ich Nichts haben. Aber meine hände sind frei für das Neue. Das Neue macht neue Räume Auf."

"Podemos alterar/mudar antigas imagens (internas)?
Sim, eu preciso abrir mão de emoções e dramas habituais. Então, em um primeiro momento, eu não terei nada. Mas minhas mãos estão livres para o Novo. O Novo abre novos espaços."




"Na fraqueza o movimento fica impedido. Algo segura o movimento. Algo precia ser visto e reconhecido. Reconhecido tal como é. "
 "A força da presença: concordar/aceitar com aquilo 'como é'. A abertura acolhedora"

 "A força da presença. O ampliar da percepção. O que/quem mais percebe? Entrar em equilíbrio. Relaxado. Soltar."

"A amplitude, a ampliação de visão e movimento começa a partir do encontro com aquilo que me prende, aperta, restringe.."

"Statt abzutreten...kann ich JA sagen und da bleiben? Kann ich es anblicken und es so wirken lassen wie es ist? " -  "Ao inves de evadir...posso dizer SIM e permanecer? Posso olhar para isto e deixar atuar da forma que for?"




 "Das ja...in einer Weite...ich schaue in der Weite...Ja, so wie es ist! In bewegung" - "O Sim...na amplitude...eu olho para o longínquo...Sim, tal como é! Em Movimento"

"Die Wut ist eine Gestalt - Sie nimmt zu!" - " A Raiva é uma Figura - ela toma você por inteiro!"




"Durch mein Wiederstand bekommt das Symptom Kraft" - " Por meio de minha resistência o Sintoma recebe força"

"In der enge gibt es keine Kraft" - "No estreito não há força"




 "Wir sind immer verbunden" - " Nós estamos sempre conectados" 

"Erweiterten Blick. Verbunden. In der Mitte. Jetzt gibt es Raum!" - " Olhar ampliado. Conectado. No centro. Agora há espaço!"

 "Die Haltung: Willkommen zu Allen! So wie es ist!" - " A postura: Bem vindo a tudo e a todos! Da forma como é/são!"



"In jeder Familienaufstellung sehen wir wie ausgeschlossenheit stark in jeden system ist - wie wir stark damit verbunden sind" - "Em cada Constelação Familiar vemos o quão forte é a exclusão dentro de cada sistema - como estamos fortemente ligados a isto"

"Wir alle werden von der Familie bewegt - wir sind in Gefühle mit jeden verbunden" - "Todos somos movimentados pela familia - afetivamente estamos conectados com cada um"

"Jeder hat seine eigene wahrheit und ist verbunden in treue mit seiner Familie, Volk und Kultur" - "
 Cada um tem sua própria verdade e está conectado por lealdado a sua familia, povo e cultura"

"Manchmal fühlen wir keine Liebe denn wir sind in Treue verbunden mit jemanden der nicht fühlen konnte" - " As vezes não sentimos Amor pois estamos em lealdade conectados com alguém que não podia sentir "

"Bleib da! Spüre es! Das Leben ist Jetzt!"
"Fique! Sinta! A vida é Agora!"

Jöel Weser





"Durch diesen Schmerz, der scheidung, kann sich vieles erlösen. Wenn wir die Beziehung anschauen: Ja, du kannst weinen...kannst sagen...Schade, es ist zu ende...aber wir haben Kinder. Sie sind die probe der Liebe die einmal da war. Und so, mit dieser annerkenung fühlt sich das Kind GANZ - So hat er sein papa und seine mama.Brauch nicht ein oder anderer aus zu suchen." - " Por meio deste sofrimento, o divórcio, muito pode vir à tona. Se olhamos para o relacionamento: Sim, você pode chorar...pode dizer...pena, chegou ao fim...mas temos filhos. Estes são a prova do Amor que uma vez existiu. E assim, com este reconhecimento, a criança se sente INTEIRA - Assim tem um papai e uma mamãe. Não precisa fazer uma escolha entre um ou outro." Sami Storch




No dia 7 de dezembro, foi realizado o Seminário Especial “Constelação Familiar no Direito”, com o juiz Sami Storch, que trouxe a  integração das leis sistêmicas para a prática do profissional do direito, da mediação e da conciliação, e refletiu como a Justiça e as pessoas que a procuram podem se beneficiar dessa abordagem para a resolução de questões civis, criminais, de infância e juventude, empresariais, entre outras.

Sami Storch reforçou diversas vezes com o público que, o trabalho que ele estava apresentando é um trabalho em andamento, em desenvolvimento. Começaram recentemente as pesquisas e estudos utilizando a técnica e teoria das Constelações Sistêmicas Familiares no Campo do Direito. Mencionou que diversos colegas do Direito estavam desenvolvendo estudos e aplicações, aprofundamentos neste sentido.

Contou sobre seu percurso como Juiz e como as Constelações Familiares foram lentamente sendo inseridas em seu dia-a-dia. Inicialmente em palestras para posteriormente fazer exercícios e dinâmicas com casais que estavam em processo de divórcio / litígio.

Falou sobre a utilização da Constelação Familiar também em casos de menores infratores, trabalhando com os jovens as dinâmicas Vitima/Agressor, o olhar para o sistema familiar maior, as consequências trazidas pelos sistema familiar e perpetuadas pelos seus descendentes.

Mencionou a Justiça Restaurativa como um exemplo de outro campo novo e que tem trazido muita força. "A Justiça Restaurativa busca justamente promover o olhar sistêmico entre todos os envolvidos nas questões criminais (incluindo todos!), e com as constelações familiares esse olhar se amplia e aprofunda, facilitando a responsabilização de cada um pelo que lhe cabe e, assim, a busca de um equilíbrio que alcance ofensores, vítimas, suas famílias e comunidades."

Assim como Jöel Weser, Sami Storch conduziu exercícios e dinâmicas em grupo e facilitou algumas constelações familiares abordando temas voltados para Herança/Herdeiros e Adoção.

Seguem algumas reflexões propostas por Sami Storch durante o Seminário:

"Honrar a origem.A criança adotada tem a necessidade de saber sua origem e historia.Quem pertence ao seu sistema. Antes e depois."

 "Na separação do casal vem o peso da dor. E se tal dor tem peso. Tem importância. Tem lugar. Este lugar precisa ser olhado, valorizado, cuidado. "

"Na rejeição de um, pai ou mãe, pelo outro, não há acolhimento. É uma dinâmica de exclusão. Atinge de forma pesada o filho(a)."

 "Adoção: Os pais biológicos tem precedência. Deles veio a vida. Negar a existência deles é negar a origem/força da criança. É uma rejeição e exclusão dos pais biológicos e automaticamente também da propria criança em si" 

"Die verstrickung hat immer ein Sinn, in Jeden System!" - " O emaranhamento sempre tem sentido, (Internamente) em cada Sistema"

"Die Ordnung ist immer dabei"  - " A Ordem está sempre presente"

 Sami Storch



Home-page oficial Hellinger Sciencia: http://www2.hellinger.com/br/pagina/